Passando rapidamente pela minha experiência no futebol, a qual deu início a este sonho, que une razão e emoção, e pelo futebol ter sempre feito parte dos meus projetos e da minha caminhada, seja na infância, em escolas de futebol ou na adolescência, através das categorias de base. Sou natural de Brasília, casado, tenho uma filha, e logo após a minha formação em Educação Física (Bacharelado), senti aquele velho sonho voltar a ser possível. Hoje tenho tentado me capacitar cada vez mais através de cursos, como: Futebol de Formação – Mudando o Jogo (categoria de base) e Gestão Técnica no Futebol pela Universidade do Futebol; Análise de Desempenho - Básico, Modelo de Jogo e Tática para Treinadores no Futebol Interativo; Licença C da CBF (Confederação Brasileira de Futebol); e o Curso pela TetraBrazil Soccer 2019/2020. Tenho como prioridade, ser um treinador com mais experiência e não apenas pelo amor ao esporte, mas sempre buscando por conhecimento, com dedicação, empenho, compromisso, sendo essas qualificações que podem agregar ao longo da minha caminhada.

Momentos antes do estágio, o meu primeiro contato do clube, foi com o Coordenador de Futebol e Professor do Futebol Interativo, Rafael Cotta, que foi me passando todas as orientações do início do estágio.

Do dia 02 de março de 2020 até o dia 16 de março de 2020 tive parte do meu estágio no Atlético Clube Goianiense, obtido pelo curso Tática para Treinadores do Futebol Interativo, onde fui muito bem recebido por um dos Coordenadores da Base e Treinador da categoria sub-20 do Atlético-GO, Raphael Miranda, e pelas Comissões Técnicas das categorias sub-17 e sub-20. Desde o primeiro dia fiquei junto com as Comissões Técnicas das categorias sub-17 e sub-20. Nos momentos que antecediam aos treinos, nos juntavam e era me passado todo o objetivo e foco de cada treinamento diário. Pude observar as partes táticas e técnicas de cada time, contato com jogadores, e participei de momentos de avaliações de novos atletas que me abriram ainda mais a mente para buscar como captar um jovem talento.

Que aula eu tinha todos os dias em cada treinamento, como cresci profissionalmente nesses 15 dias que passei em Goiânia. Em um grande clube no qual ganhou mais um fã. Tenho absoluta certeza que, mesmo com minha experiência no futebol, pude aprender muito mais e que este estágio me deu a competência para saber como dirigir uma equipe das categorias de base no futebol.

Devido às medidas adotadas pelo país à pandemia e na contenção do Covid-19, houve a paralisação do futebol no país e, por este motivo, teve uma pausa no estágio, restando 15 dias para o término. Os profissionais responsáveis, Rafael Cotta (Coordenador Geral de Futebol) e Raphael Miranda (Coordenador da Base) deixaram as portas abertas e me tranquilizaram quanto ao restante do período de estágio e, logo após toda essa agitação em nossa sociedade, poderei retomar os contatos para que eu finalize o estágio.

Agradecimentos:

Quero primeiramente agradecer a Deus e à minha família, que sempre me apoia, ao Futebol Interativo e a todos os seus profissionais que me deram essa grande oportunidade de ter essa experiência, coisa que poucas instituições fazem pelos seus alunos e que continuem crescendo ainda mais. Agradecer também ao Atlético Clube Goianiense, ao Coordenador de Futebol do Atlético-GO, Rafael Cotta, o Coordenador da Base e Treinador do sub-20, Raphael Miranda, ao Treinador do sub-17, Alan, aos Preparadores Físicos do sub-17, Otávio, e do sub-20, Gustavo, e o Preparador de Goleiros, Marcão.